Falando de tempo e etc.

Desde muito nova sempre fui fascinada por história. Há algo no passado que me encanta. Acho que é o seu valor e a maneira como estes registros se perpetuaram durante todo o tempo até chegarem nos dias atuais, até chegarem em mim.
Dias atrás fui visitar o museu da minha cidade. Moro a quase oito anos em uma pequena cidade do interior de Minas e nunca tinha ido visitar o museu Dona Mariana da Costa, localizado bem no centro da cidade. Quando entrei, logo veio aquela conhecida sensação nostálgica. Pude sentir o cheiro da velha madeira encerada, o modo como os objetos foram postos. Observei atentamente cada item, tentando captar aquele período, a época, alguma coisa que me fizesse sentir algo. E eu senti.
Lá não possui uma história cronológica a ser seguida e sim itens antigos dos fundadores da cidade com suas respectivas datas. Itens datados com mais de 100 anos de história. O cuidado, a preservação, a maneira em que foram expostos, é incrível! A história ainda vive e quando vamos ao museu podemos sentir isso.
Acredito muito que se você quer conhecer o mundo é necessário que conheça primeiro o que está perto de você, entenda o seu valor histórico e valorize-o, por menor que seja e, então, você estará pronto para conhecer o mundo.
Texto: Cintya Juliana
Orientação: Ana Rosa Vidigal

Deixe um comentário