Segundo turno 2018: Como escolher seu candidato

As eleições de 2018 tiveram o seu primeiro turno no último domingo, 07 de outubro. Ao todo cada cidadão votou para cargos de Presidência da República, Senadores, Governador de estado, Deputado Federal e Deputado Estadual.
Agora, mesmo com o segundo turno, muitos eleitores ainda não escolheram seus candidatos. Se você faz parte desse público esse texto é para você. Listamos informações importantes e que precisam ser consideradas na escolha de candidato:
Os valores defendidos pelo candidato condizem com os seus?
É necessário a identificação de valores e princípios do candidato, para isso pesquise entrevistas, postagens e declarações dele sobre assuntos que exigem posicionamento imediato e diferenciado. É importante também realizar uma busca sobre o partido, grande influenciador na tomada de decisão daquele candidato.
Quais as propostas?
Esse é um dos fatores mais importantes a ser considerado na escolha do voto. Confira as propostas de educação, saúde, economia e dentre outras propostas. É relevante que leve em consideração a viabilidade das promessas feitas para analisar se são credíveis, factíveis e compatíveis com o cargo.
Quais partidos ele já passou e está coligado?
As ideologias dos partidos que o candidato já passou e está coligado conta muito sobre o que ele fará em seu mandato. É compatível com seus interesses e crenças?
Ressaltando que as coligações também servem para aumentar as chances de siglas pequenas e médias elegerem representantes para assembleias legislativas e Câmara dos Deputados – mesmo votando numa pessoa, os votos vão para a coligação e, por isso, nem sempre o nome mais votado é eleito.
Quem o substituirá em sua ausência?
Você precisa saber quem é o vice ou suplente daquele candidato, se ele também está de acordo com ideologias e principalmente seu histórico político. Esses são cargos muito importantes, que precisam de atenção e que se não cumprirem requisitos impostos pela justiça Eleitoral podem ser barrados.
Histórico político
Identifique os projetos políticos anteriores aprovados ou somente proposto e se há envolvimento em processos de corrupção. Averigue também como é bancada a campanha eleitoral.
Após esse passo a passo, escolha seu candidato e cumpra seu papel como cidadão.

Deixe um comentário